THEME

“Me perguntaram porque eu estava tão pra baixo nesses últimos dias… E, eu juro, seu nome ficou entalado na minha garganta.
Matheus, 252º dia sem ela.  (via poetaciumenta)

“E o amor?, você me pergunta. O amor, ah, sei lá. O amor nem dá pra definir direito. Acho que é um desejo de abraçar forte o outro, com tudo o que ele traz: passado, sonhos, projetos, manias, defeitos, cheiros, gostos. Amor é querer pensar no que vem depois, ficar sonhando com essa coisa que a gente chama de futuro, vida a dois. Acho que amor é não saber direito o que ele é, mas sentir tudo o que ele traz. É você pensar em desistir e desistir de ter pensado em desistir ao olhar pra cara da pessoa, ao sentir a paz que só aquela presença traz. É nos melhores e piores momentos da sua vida pensar preciso-contar-isso-pra-ele. É não querer mais ninguém pra dividir as contas e somar os sonhos. É querer proteger o outro de qualquer mal. É ter vontade de dormir abraçado e acordar junto. É sentir que vale a pena, porque o amor não é só festa, ele também é enterro. Precisamos enterrar nosso orgulho, prepotência, ciúme, egoísmo, nossas falhas, desajustes, nosso descompasso. O amor não é sempre entendimento, mas a busca dele. Acho que o amor não é o caminho mais fácil, pois mais fácil seria dizer a-gente-não-se-entende-a-gente-não-combina-tchau-tchau. O amor é uma tentativa eterna. E se você topar entrar nessa saiba que o amor encontrou você. Seja gentil, convide-o para entrar.”
Clarissa Corrêa. (via poetaciumenta)

“Costumam dizer que sou diferente. Gostaria de entender o que querem dizer com isso. Alguns me dizem isso positivamente, outros falam como se fosse um defeito. O que eu sei é que sou um dilema. Sou realmente difícil, uma incógnita. Sempre fui assim. Juro que tento ser menos complicada, mas eu mesma me canso.”
Yasmin Martins.    (via poetaciumenta)

O amor é um tiro no escuro. A gente nunca sabe se vai atingir alguém, se vão nos atingir, ou se ambos serão atingidos. A única coisa que sabemos é que, quando sentirmos a arma na mão e as luzes forem apagadas, é porque estamos dispostos a nos ferir o quanto for pelo amor.”
Thiara Macedo (sdpm)

“— Pretende ficar?
— Nunca pensei em ir embora.”
The Walking Dead.   (via poetaciumenta)